segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Argentina quer criar barreiras ao Brasil.

A Argentina ameaça criar barreiras informais contra os produtos brasileiros, o que provocou uma crise diplomática entre os dois países, até agora mantida em sigilo. A ameaça foi transmitida, em tom agressivo, ao embaixador do Brasil em Buenos Aires, Ênio Cordeiro, pelo polêmico secretário de Comércio argentino, Guillermo Moreno, conhecido pelo estilo truculento com que lida com empresários e funcionários do governo local.
Essa informação eu lí hoje no Valor Econômico Online.
É incrível como esse secretário de Comércio cria caso. Não é a primeira vez que faz isso com o Brasil além de outros países da América Latina, EUA e Europa.
Parece que a visão de um político pouco preparado não vê o que pode trazer de riscos para a política externa do seu cambaleante país. A Argentina tem, e não de hoje, séríssimos problemas com a sua indústria, pouco investimento interno e pouca inovação tecnologica. Tentar criar, de forma truculenta, um clima pouco amistoso com um parceiro infinitamente maior e que pode realmente ajudar como é o caso do Brasil, só aumenta esse buraco econômico.
Os Argentinos poderiam olhar para dentro de sí e ver que o seu país tem uma moeda fraca e uma economia muito dependente de acordos econômicos, não seria este o caminho para ajudar a minimizar esses problemas.

Um comentário:

  1. Paulo Castro Ferreira22 de novembro de 2010 09:40

    Será que a Argentina tem noção que se entrar em guerra comercial com o Brasil só tem a perder?
    Triste ver um país que teve um passado tão glorioso e hoje é um caco de país, por essas atitudes.
    Parabéns pelo seu Blog, adoro ele.

    ResponderExcluir

Visitantes Globais